Sea Motor
Escolher estilo
 



 
Site novo! ...faz o teu comentário!
  • Muito bom
  • Bom
  • Não tenho opinião
  • Razoável
  • Mau





 
Siga-nos através:
13.01.2015
SEYCHELLES

Mergulhos, natureza e a praia mais bonita do planeta

Após ser colonizada por ingleses e franceses em 1976, o pais conquistou sua independência constituindo-se por vários arquipélagos localizados ao norte e nordeste de Madagascar, formando assim, duas categorias de ilhas: as do interior, que se unem em torno as ilhas principais de Mahé, Praslin e La Digue, cujas florestas virgens e praias imaculadas foram um belíssimo cartão-postal.; e as duas do exterior com águas calmas e cristalinas, com ilhas rodeadas de corais que se estendem-se para oeste, em direção à costa da África. Incluindo também, a região de Aldabra, o maior atol do mundo.

Passeios por Mahé

Mahé é a maior ilha do arquipélago, responsável por 25 mil habitantes, 90% da população seychellois. A capital Victoria é a menor entre as capitais africanas, e apesar de possuir poucos recursos, é uma cidade fascinante e bem organizadas. Mesmo que não seja o ponto mais turístico do arquipélago, passear por Victoria é a melhor maneira de conhecer os costumes e hábitos da população.

Um dos endereços mais indicados pela população local é o Sir Selwyn Selwyn- Clark Market, mercado municipal onde os moradores costumam realizar compras frutas, peixes frescos e especiarias, entre elas a canela, baunilha e o curry.

A dois passos de Praslin

Como se não bastasse toda a beleza de Mahé, Praslin abriga alguns dos tesouros mais preciosos de Seychelles. Na segunda maior ilha localizada a 40 quilômetros de Mahê, encontra-se o único campo de golfe do arquipélago, cassinos luxuosos e varias opções de pousadas e resorts. Mas não é só isso. Praslin se destaca mesmo por possuir uma das (se não a mais) bela praia do mundo. As rochas e o mar de cor lápis-lázuli tornam a praia de Anse Lazio um verdadeiro paraíso.

Além disso, entre as belas colinas de Praslin, encontra-se o Valeé de Mai; uma reserva natural que tornou-se Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. É o unico lugar do mundo onde se encontra o coco de Mer, o maior fruto do mundo, e o papagaio negro o pássaro nacional de Seychelles. A Ilha está localizada no lugar ideal para os turistas que desejam ir de uma ilha a outra, como La Digue, Chauve Souris, Curieuse, St. Pierre, Cousine, e as ilhas que sçao reservas de pássaros, como Cousina e Aride.

Na estada de La Digue

É a maior Ilha de Seychelles com cerca de 10 km². Grandes pedras esculpidas pela mãe natureza decoram as prais de areia rosada e águas transparentes. O passeio até la Digue é puro charme. Os unicos transportes da ilha, por ser maio pequena, com apenas 2 mil habitantes e ainda bastante rústica, são as bicicletas ou o Ox Taxi (táxi boi).

Logo que você coloca os pés em terra firme, encontra diversas empresas de aluguel de bike, já o Oxi Taxi, pode ser encontrado no centro principal da Ilha.

Mergulhos em Seychelles

Difícil seria não se surpreender pela quantidade e beleza dos pontos de mergulho. São seis parques nacionais marinhos que justificam a viagem às ilhas. Ricas em espécies marinhas, além dos peixes que residem nos recifes, é comum encontrar raias-pintadas, peixes-papagaio, napoleão, tubarões-galha-branca-de-arrecife e peixes-morcegos durante o mergulho.

Todas as ilhas do arquipélago possuem um ou mais dive center s que em sua maioria oferecem Nitrox e operam em distancias maiores, cobrando as saídas conforme o tempo de navegação. O mergulho ocorre a partir das ilhas principais, dentre elas, Mahé que conta com 62 pontos de mergulho no seu entorno e podem ser acalçados de lancha ou catamarã. Os dive centers realizam dois mergulhos pela manhã e a tarde. Uma segunda opção são os hotéis que oferecem até curso de mergulho para os turistas.

A atividade é indicada durante todo o ano, sendo a melhor época de março a maio e de setembro a novembro, quando a temperatura da água atinge a média de 25ºC e visibilidade de até 30 metros.

Seychelles oferece ainda, a oportunidade de mergulhar com o tubarão-baleia. Para isso, basta um snorkel, já que o animal é considerado inofensivo.

Um outro atrativo que deve ser destacado são os tubarões do recife, mundialmente famosos por realizar o nado circular constante. Seu berçário natural fica próximo à Ilha de La Digue e deixa qualquer mergulhador com brilho nos olhos pela exótica paisagem submersa que este arquipélago pode oferecer.

Por Bianca Camargo
Fonte: Revistanautica.com.br





Secção: Ano: Mes: Dia:





A Edição de 2015 da Tabela de Marés 100%Surf já está on line!
100%Surf - Notícias - Marés - Partners - Contactos